IOGURTE DE FRAMBOESAS COM GRANOLA


A propósito do último fenónemo viral sobre a importância do silêncio e estarmos connosco próprios, convidei-me a fazer alguma introspecção.
A verdade é que, seja por ser mãe de dois, seja à custa da minha vida profissional, são muitos poucos os momentos em que estou sozinha.
O pequeno-almoço é o meu momento mindfulness diário.
É um conceito complexo mas, como explica muito bem a Micaela Ovén no projeto que podes espreitar aqui, exercitá-lo pode ser bem mais simples do que parece.
Basta estar presente (sem pensamentos a interferir).

É por isso que [fora quando faço noitadas com o meu marido a ver episódios consecutivos da Casa do Papel] faço questão de acordar antes de todos lá em casa.

Para mim cozinhar é um enorme acto de amor.


Gosto de preparar os lanches da escola com calma e gosto ainda mais de, tanto quanto possível, variar nos pequenos-almoços que ofereço aos meus filhos.
Não temos nada contra pão e leite - muito pelo contrário, é um pequeno-almoço vencedor - mas acredito que a diversidade alimentar é uma mais valia a vários níveis.  Para além dos diferentes nutrientes que diferentes alimentos nos dão, é também uma oportunidade de educar o palato para novas texturas e abordagens.

Estou a preparar um post, com o parecer da nutricionista Inês Pádua do projeto Alecrim , com propostas de planeamento semanal de pequenos-almoços para toda a família.
Tudo muito simples e com recursos a alimentos da época (preferencialmente biológicos).
Enquanto estamos a cozinhar esse post, deixo-vos uma sugestão.

Só vão precisar de framboesas congeladas (eu compro frescas quando estão em promoção e congelo parte delas), iogurte natural sem adição de açúcar, fruta a gosto e granola.
Na noite anterior retiram meia dúzia de framboesas para copos individuais para que vão descongelando lentamente. De manhã, é só juntar bem o iogurte às framboesas [que entretanto criaram um sumo delicioso] e juntar topping a gosto: eu costumo usar banana partida aos pedaços pequenos para adoçar, morangos, raspas de chocolate negro 70% cacau e uma dose generosa de granola.

Há hoje no mercado muitas opções de granola pronta relativamente equilibradas, mas é sempre melhor fazerem em casa. 
Já provei muitas receitas mas, para mim, a melhor de todas é a do blog Sweet Bigas
Não só a granola é muito boa, como todo o projeto da Ana Chaves merece uma visita vossa.

Bom pequeno-almoço! 






Comentários

  1. Que bom ler isto, querida Mariana! O teu trabalho é uma verdadeira inspiração também. E este blogue, esta extensão umbilical e tão necessária do programa, só pode ser - já é! - um sucesso. ❤

    ResponderEliminar

Enviar um comentário